Vide Bula

Na verdade, as vacinas não causam autismo. Um estudo publicado na revista JAMA, da Associação Médica Americana, realizado entre 2001 e 2012, com mais de 95 mil crianças, demonstrou que não existe relação entre vacina e esse transtorno do desenvolvimento. O mito surgiu de um artigo publicado na revista The Lancet, em 1998, pelo médico britânico Andrew Wakefield. Mais tarde, o estudo se revelou fraudulento, seu autor perdeu o direito de exercer a medicina e a publicação fez uma retratação.

< VOLTAR