Vide Bula

A automedicação prejudica a saúde das pessoas

Na verdade, a automedicação e autocuidado são recomendados pela Organização Mundial da Saúde. Segundo a OMS, os medicamentos isentos de prescrição (MIPs) são úteis para tratar sintomas e males menores, como dores e resfriados, porque são seguros e eficazes, desde que utilizados conforme as bulas – além de dispensar idas a postos de saúde e […]

As indústrias nacionais não investem em novos medicamentos

Na verdade, as indústrias farmacêuticas de capital nacional investiram R$ 2,1 bilhões em pesquisa e desenvolvimento (P&D) de novos medicamentos em 2022. Entre 2008 e 2017, o investimento em P&D das empresas farmacêuticas nacionais e de grande porte cresceu ao ritmo de 10,6% ao ano. Em média, essas empresas investem 6,1% do seu faturamento anual […]

A indústria farmacêutica incentiva o uso exagerado de medicamentos

Na verdade, uma recomendação histórica da indústria farmacêutica é que todo e qualquer medicamento só deve ser usado com base nas orientações de médicos, profissionais da saúde e autoridades sanitárias. O uso correto e responsável dos medicamentos é fundamental para um setor que se sustenta na descoberta e oferta de produtos e terapias que melhoram […]

A indústria farmacêutica inventa doenças

Na verdade, com as pessoas vivendo mais e o avanço da medicina, especialmente nos últimos 50 anos, novas doenças têm sido descobertas. O principal objetivo da indústria farmacêutica é o de pesquisar e desenvolver novos medicamentos para tratar essas doenças, além de aprimorar os produtos já existentes para torná-los mais eficazes e seguros.

As vacinas fazem mal e podem até matar

Na verdade, todas as vacinas passam por rigorosos testes de segurança antes de serem aprovadas para o público. Os países só registram e distribuem vacinas que atendam a exigentes padrões de qualidade e segurança. As vacinas podem gerar reações adversas leves e esperadas, como dor no local da aplicação, febre ou mal-estar.

As patentes reduzem o acesso aos medicamentos

Na verdade, sem as patentes, os modernos medicamentos para o tratamento de câncer, doenças cardíacas, diabetes, doenças degenerativas, as vacinas contra a Covid-19 etc. não teriam sido desenvolvidos nem estariam disponíveis no SUS, melhorando a vida de centenas de milhões de pessoas no Brasil e bilhões de pessoas no mundo. É a proteção à propriedade […]

Os preços dos medicamentos sobem acima da inflação

Na verdade, o reajuste acumulado de preços de medicamentos tem sido menor do que inflação geral (IPCA). Por exemplo, de 2014 a 2024, enquanto a inflação geral (IPCA) somou 77,5%, os preços dos medicamentos variaram em apenas 72,7%.

Os preços dos remédios sobem toda hora

Na verdade, os preços dos medicamentos têm um dos mais previsíveis e estáveis comportamentos da economia brasileira. O setor farmacêutico é o único segmento de bens de consumo submetido ao controle de preços. As indústrias só podem reajustar os preços uma vez por ano, a partir de cálculo feito pela Câmara de Regulação do Mercado […]